A virtude do tempo e da paciência na literatura

//A virtude do tempo e da paciência na literatura

escrita escrever publicar publique livro editora albatroz autor autora escritor escritora escreva escrita independente paciência espera tempo literatura livro

 

Paciência.

Nem sempre temos essa virtude quando o assunto é nosso próprio livro.

Queremos lançar rápido, estourar rápido, chegar o mais rápido possível na mão dos leitores. Até porque geralmente o autor não escreve apenas para si mesmo, mas para que suas histórias, seus conclusões, seus estudos alcancem outras mentes que não apenas a própria.

Mas um dos pontos mais importantes sobre ser escritor é saber aguardar. Calma, não estou falando sobre ficar sentado na sua casa esperando que o sucesso chegue e você se torne um best-seller instantaneamente. É preciso correr atrás desse sonho para ser bem-sucedido. Mas para que você não fique frustrado ou desestimulado é essencial saber que leva tempo.

O começo

Para começar, temos o tempo de escrita. Alguns autores são mais rápidos e escrevem um livro completo em meses. Outros já levam anos. Mas, de qualquer modo, não importa, colocar as ideias no papel não é tão ligeiro.

Em seguida vem o período de editar. O próprio autor lê, relê, altera, muda, faz alterações. E sem isso o livro pode sair com muitos erros de enredo, narrativa e coesão. Vai dizer, por exemplo, que você sempre acertou de primeira todos os tempos verbais? É muito comum escrever no calor do momento, quando a inspiração surpreendeu. E quando você relê, há pedaços no passado, outros no presente e tudo fica confuso. Por isso a edição é tão importante. É aí que você procura as pontas soltas, o que está errado e amarra tudo o que está em aberto na sua história. Se puder pedir que algum leitor-beta , ou mesmo um editor, leia a história é melhor ainda.

Revisões e detalhes

Chegou o momento da revisão ortográfica. O profissional irá corrigir todos os erros da nossa traiçoeira língua portuguesa que podem aparecer. E esse processo demora, principalmente se feito com minúcia.

É possível poupar tempo e enquanto o livro está na revisão, por exemplo, trabalhar na identidade visual interna, na capa e tudo o mais. O que também leva um tempo, assim como as questões de registro, de ISBN e outros. Um livro é muito mais do que apenas escrever uma história e colocar um “fim” quando terminar, porque há muito trabalho depois disso e, como disse, demora.

Livro Publicado

E assim que for publicado, seja por uma editora, seja de forma independente, você precisa também de tempo para trabalhar seu marketing literário, conseguir leitores, mídias espontâneas e ir construindo seu nome como escritor. Talvez essa seja a parte que mais exija paciência, além de trabalho.

Fauzia Burke, fundadora e presidente da FSB Associates, uma empresa especializada em marketing para livros e autores, diz que é preciso pensar em maratonas, não em etapas. “É normal seu conteúdo não estourar logo no início. Seja consistente e crie rotinas para continuar comunicando seu livro até que ele atinja um patamar relevante de engajamento”, afirma.

E que você precisa em uma maratona? Tempo e força de vontade para não desistir.

Veja mais dicas no Facebook da Editora Albatroz: https://www.facebook.com/editoraalbatroz/

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/editora.albatroz/

Veja nossas obras já publicadas em: https://editoraalbatroz.com.br/nossas-publicacoes/

 

By |2019-01-19T18:32:05+00:0026 de abril de 2018|

Um Comentário

  1. Juscelayne Maria Silva 28 de abril de 2018 em 15:07 - Responder

    Olá!

    Paciência é ,sem dúvidas, também uma arte!

Deixar Um Comentário