Gêneros literários: dados e mercado - Blog - Editora Albatroz

Gêneros literários: dados e mercado – Blog

gêneros literários editora albatroz gênero temas sherlock holmes cavaleiro armadura medieval homem de negócios businessman fada angel anjo anjinha fadinha

Eu gosto de romances. Ele gosta de thrillers policiais. Você pode gostar de drama. Como tudo na vida, cada pessoa tem afinidade maior com um gênero literário, tanto para escrever quanto para ler. E você, conhece bem o hábito de leitura dos brasileiros? Saber o que os seus leitores gostam de ler vai te ajudar na hora de posicionar seu livro no mercado editorial.

A literatura mais popular em nosso país é a de ficção, de acordo com dados da Folha. Dentro desse universo da ficção, a literatura estrangeira é a mais vendida, com cerca de 21% das vendas. Mas a cada ano a ficção nacional tem ganhado espaço, principalmente em romances.

Temos hoje mais autores do gênero e também mais leitores interessados em obras brasileiras.

Há até mesmo exportação das nossas histórias para outros países em alguns casos, mesmo que pouco expressivo – a não ser quando falamos de Paulo Coelho, que é tido como um dos escritores brasileiros mais bem sucedidos e que vende muito no mercado internacional.

Ainda dentro do subgênero da ficção, o infanto-juvenil é tido como um dos mais lidos. E o interessante é que seus leitores consistem não só em pessoas da faixa etária a qual é destinado, mas também um pouco acima.

Não se sabe ao certo porquê, mas podem ser pais de adolescentes e crianças, assim como jovens adultos que gostem de enredos leves.

Mas quando temos os gêneros literários mais lidos no mundo como um todo, as pesquisas apontam que quem lidera o ranking são os livros da autoajuda.

Esse sucesso pode ser atribuído a um grande número de pessoas procurando melhoramento pessoal e crescimento em várias áreas, como profissional e espiritual.

Força dos gêneros e mercado brasileiro

Para se ter ideia da força desse gênero, de 2000 a 2004 o mercado americano de livros autoajuda cresceu 50%.

No Brasil, o aumento foi ainda mais significativo. Enquanto o mercado editorial como um todo cresceu 35% entre 1995 e 2005, as vendas de obras de autoajuda chegaram a 700% de crescimento.

Apesar de não tão expressivo quanto o gênero da ficção e do infanto-juvenil, a literatura infantil tem o seu espaço, principalmente quando falamos de escolas e outras instituições de educação, que usam muitos livros como didáticos e leituras obrigatórias.

De acordo com dados do pesquisador, ilustrador e escritor Ricardo Azevedo são produzidos cerca de 68 milhões de livros de literatura infantil anualmente, 17% de um mercado que não para de crescer.

Antes de entrar de cabeça no mercado editorial brasileiro, conheça bem o seu gênero, assim como seu público-alvo.

Quanto mais você bem informado você estiver, maiores são as chances de crescer tanto com a editora quanto com os leitores.

 

Veja mais dicas no Facebook da Editora Albatroz: https://www.facebook.com/editoraalbatroz/
V
eja nossas obras já publicadas em: https://editoraalbatroz.com.br/nossas-publicacoes/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *