A crise do presidencialismo de coalizão: da grande coalizão à fragmentação política no Ceará

/, Política/A crise do presidencialismo de coalizão: da grande coalizão à fragmentação política no Ceará
A crise do presidencialismo de coalizão: da grande coalizão à fragmentação política no Ceará2019-07-30T19:59:22-03:00

Project Description

Sinopse

O livro é provindo do relatório Análise Político-Institucional, encomendado pela Plataforma Estratégica de Desenvolvimento de Longo Prazo – Ceará 2050, uma iniciativa da Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag) do Ceará e coordenada pela Universidade Federal do Ceará. O autor sugere que a política cearense é movida por três caraterísticas: fortes lideranças com poder de aglutinação de forças sociais; a contestação perseverante de uma oposição vocal; e a produção de resultados tangíveis, pelo governo estadual como instrumento de legitimação. Indica que em 2002, manifesta-se, no Ceará, a crise do presidencialismo da coalizão marcada pela fragmentação partidária. Consequentemente, hipertro ou a interferência privada na vida politica, tendo três tendências: 1. elevação da terceirização da administração pública estadual e municipal; 2. o retroceder da cooperação entre os entes federativos e 3. a persistência da dependência dos municípios cearenses sobre as transferências federais. Termina sugerindo três medidas para recuperar a capacidade político-institucional do governo estadual: 1.  fortalecimento do espaço público de deliberações sobre as prioridades das políticas públicas, 2. elevação da qualidade da administração pública, sobretudo da capacidade técnica do município, por meio da cooperação regional e maior coordenação entre os entes federativos e 3. formação de um fundo de desenvolvimento
do Ceará, cujas fontes seriam os bancos de desenvolvimento, a previdência estadual e os fundos de pensão abertos e fechados.

Sobre os autores

Jawdat Abu-El-Haj, professor titular no Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Ceará. Ph.D em Ciência Política pela Universidade da Califórnia e pós-doutor pela Columbia University. Foi professor visitante na Universidade de Colônia e no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.
Publicou numerosos trabalhos sobre a política da saúde, telecomunicações, reformas administrativas e estratégias de desenvolvimento regional.

Sandra Helena Silva de Aquino, doutoranda no Programa de Pós-graduação em Sociologia da Universidade Federal do Ceará. Mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente-PRODEMA pela Universidade Federal do Ceará. Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Estadual do Ceará. Colaboradora da equipe
de pesquisa Gerenciamento de Recursos Hídricos e Sustentabilidade Hídrica-UFC/DEHA.

Ficha Técnica

Título do livro: A Crise do Presidencialismo de Coalizão: Da Grande Coalizão à Fragmentação Política no Ceará
Autor: Jawdat Abu-El-Haj e Sandra Helena Silva de Aquino
Ano de publicação: 2019
Formato: 14×21
ISBN: 978-85-7145-067-7

Deixar Um Comentário