10 escritoras que revolucionaram a literatura

//10 escritoras que revolucionaram a literatura

editora albatroz publicação como publicar seu livro meu publique seu livro como publicar meu livro feminismo feminista escritoras autoras sucesso best-sellersNão há nenhum estudo definitivo que mostre se há no mundo ou no Brasil mais escritores homens ou mulheres. Mas a verdade é que se voltarmos algumas décadas no tempo iremos encontrar predominantemente autores masculinos, o que não acontece atualmente. É só ir a uma livraria que você vai perceber a quantidade de obras escritas por mulheres para saber que essa balança está mais equilibrada.

E já que estamos falando delas, vamos conhecer 10 escritoras que revolucionaram o mercado literário e que merecem sua atenção?

Agatha Christie

Impossível não falar da Rainha do Crime, que há tantas décadas se infiltrou num gênero dominantemente masculino como o da literatura policial. Foram mais de 90 livros publicados e traduzidos em todo o mundo, transformando-a na maior escritora do gênero de todos os tempos. Além dos consagrados contos e romances de mistério, Agatha ainda publicou seis romances românticos sob o pseudônimo de Mary Westmacott.

Jane Austen

Quem nunca ouviu falar de Austen? Ela alcançou reconhecimento ao escrever Orgulho e Preconceito, considerado um dos livros mais lidos em todo o mundo, mas escreveu ainda muitos outros. Criou a comédia de costumes, retratando a sociedade da época e introduzindo personagens ordinários e da classe média inglesa.

Clarice Lispector

Nascida na Ucrânia, mas assumidamente brasileira, seus textos são narrados de forma intimista e as impressões e sentimentos dos personagens assumem o primeiro plano. É um dos nomes mais celebrados da nossa literatura.

Nora Roberts

Talvez esse seja um nome não tanto conhecido do público brasileiro, mas Roberts escreveu mais de 200 best-sellers e, em 2004, mais de 120 obras de sua autoria estiveram na lista de mais vendidos do New York Times. Foi a primeira mulher a figurar na Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos.

Virginia Woolf

Escritora britânica conhecida como a “Proust Inglesa”, Virginia escreveu alguns romances e ensaios pioneiros sobre literatura. Considerada ícone do modernismo, a escritora britânica inovou ao expor em sua narrativa o fluxo de consciência de seus personagens.

Danielle Steel

Também não é tão conhecida no mercado brasileiro, mas Steel tem um peso muito grande na literatura feminina. Em 1989, entrou para o Guinness, por ter pelo menos um livro na lista de best-sellers do New York Times durante 381 semanas consecutivas. Seus livros já foram publicados em 69 países e traduzidos para 43 idiomas.

Cecília Meireles

Nossa poeta é uma das primeiras vozes femininas do Brasil a ter grande expressão. Cecília ganhou vários prêmios por seus livros e é conhecida até hoje não só no país.

K. Rowling

Nem precisamos falar muito sobre a escritora que criou Harry Potter, o bruxo que ensinou muitas crianças, jovens e mesmo adultos a gostarem de ler. Vendeu (e ainda está vendendo) mais de 400 milhões de cópias com suas 10 obras referentes ao personagem, além de outras.

Rachel de Queiroz

A brasileira foi a primeira mulher a ingressar na Academia Brasileira de Letras, onde vinte anos antes recebeu o Prêmio Machado de Assis pelo conjunto de sua obra. Também foi a primeira escritora feminina a receber o Prêmio Camões.

Simone de Beauvoir

Feminista e ícone do existencialismo, em muitas de suas obras, Simone analisou a postura e o papel da mulher na sociedade, levantando questões e gerando polêmicas. Seu livro Os Mandarins lhe rendeu o Prêmio Goncourt (1954), o mais prestigiado prêmio literário francês.

By |2019-03-15T17:19:43+00:0015 de março de 2019|

Deixar Um Comentário