Autores independentes de sucesso

/, Publicação/Autores independentes de sucesso

Ser um autor independente muitas vezes dá medo. Bom, na verdade quase sempre dá. Mas vivemos numa época em que há espaço para todos e a autopublicação e a internet transformaram a maneira de as obras chegarem ao leitor. 

 Mas isso não significa que é fácil. Pelo contrário. É preciso dedicação, perseverança e correr atrás de estratégias vencedoras de marketing para prosperar. Não tema: é possível alcançar sucesso! E para mostrar para vocês, trouxemos uma lista de autores que se autopublicaram ou por pequenas editoras que se tornaram sucesso. 

1- Beatrix Potter 

 Vocês se lembram dos livros e do filme Pedro Coelho? A autora deles é Beatrix Potter, que em 1901 se autopublicou porque todas as editoras que procurou rejeitaram suas obras. Logo depois suas histórias infantis se tornaram sucesso e até hoje vendem mais de 3 milhões de exemplares anualmente em todo o mundo. 

2- John Locke  

 Ele foi o primeiro autor indie na história a vender mais de um milhão de e-books. Cada título que publicou se tornou um best-seller da Amazon. Locke usa uma estratégia de preços baixos e vende a maioria de seus livros por apenas 0,99 centavos. Ele se orgulha em oferecer a seus leitores um enredo divertido e diz que só publica um livro se tiver rido alto algumas vezes enquanto escrevia. 

3- Amanda Hocking 

 Enquanto trabalhava em outro ramo, ela escreveu 17 livros. Depois de ser rejeitada por editoras e agentes por 9 anos, decidiu autopublicar. Sua intenção era vender alguns para amigos e família para arrecadar dinheiro para uma viagem. Os livros se tornaram muito populares e ela vendeu mais de um milhão de cópias. Em seguida vendeu os direitos de sua primeira trilogia e uma nova série de quatro livros por U$ 2 milhões de dólares para uma grande editora. 

4- Heather Killough-Walden 

 Durante muitos anos Heather Killough-Walden enviou cartas para editoras e todos os manuscritos foram rejeitados. Ela diz que tem mais de 300 cartas de rejeição. Até que decidiu publicar seu trabalho em forma de e-book. Seu primeiro romance virou best-seller na plataforma. Pouco tempo depois conseguiu acordos muito bons de publicação e os dias de rejeição agora estão no passado. 

5- Michael J. Sullivan 

 Depois ter seus livros rejeitados por uma década, Sullivan desistiu. Mas tempos depois a vontade de escrever voltou. Apesar de ter uma série pronta, os editores ainda não estavam interessados. Por isso sua esposa começou uma pequena editora e publicou seus livros. O sucesso foi tão grande que ele recebeu várias ofertas de grandes editoras e acabou vendendo o direito das suas obras por seis dígitos. 

 É possível tirar uma lição dos relatos desse post: Ser escritor independente não é fácil, mas não desista depois de ser rejeitado! 

Por Teca Machado

By |2019-09-11T17:33:50-03:0013 de setembro de 2019|

Deixar Um Comentário