Conselhos simples para escrever um livro

//Conselhos simples para escrever um livro

Crédito imagem: Pixabay

Hoje em dia está mais fácil publicar um livro. São diversas opções e o escritor não precisa mais depender de uma editora tradicional e do seu “sim”. Hoje ele pode publicar por editoras independentes, como a Albatroz, de forma totalmente independente, em plataformas gratuitas de leitura e muito mais.

 

Colocar o livro no mundo ficou mais fácil. Mas sabe o que ainda é convencional? A parte da escrita. Ainda é preciso sentar-se numa cadeira e escrever, colocar as ideias no papel e se organizar. E por mais que essa parte seja difícil, ela pode ficar mais fácil com dicas de escritores já consagrados e que estão há muito tempo no ramo e de profissionais do ramo editorial.

 

E hoje trazemos aqui conselhos simples que podem ajudar os escritores, principalmente os iniciantes, publicados no site Cafeína Literária.

 

Fase 1: Iniciando

 

1- Decida sobre o que é o livro

 

Boa escrita é sempre sobre alguma coisa. Escrever o assunto do seu livro em uma frase, depois esticá-la até um parágrafo e então até o esboço de uma página. Depois disso, escreva um índice para ajudar à medida que você escreve, e então divida o capítulo em algumas seções. Pense no seu livro em termos de início, meio e fim. Qualquer coisa mais complexa irá te deixar perdido.

 

2- Defina uma meta diária

 

John Grishan começou sua carreira de escritor sendo advogado e pai recente – em outras palavras, ele estava realmente ocupado. Não obstante, ele acordava uma ou duas horas mais cedo toda manhã e escrevia uma página por dia. Depois de alguns anos, tinha uma livro. Uma página por dia é somente cerca de 200 palavras. Você não precisa escrever muito. Você precisa apenas escrever com frequência. Definir uma meta diária dará a você algo para perseguir. Mantenha-a pequena e atingível e assim você pode atingir seu objetivos todo dia e se manter motivado.

 

3- Defina um período para trabalhar em seu livro todo dia

 

Consistência torna a criatividade mais fácil. Você precisa de um prazo diário para fazer seu trabalho – é assim que você termina de escrever um livro. Fique à vontade para tirar um dia de folga, mas planeje-o com antecedência. Nunca ultrapasse o prazo; não se deixe levar tão facilmente. Definir um prazo diário e um período regular de escrita garantem que você não tenha de pensar em quando você vai escrever. Quando for hora de escrever, é hora de escrever.

 

4- Escreva sempre no mesmo lugar

 

Não importa se é uma escrivaninha ou a mesa da sala ou da cozinha. Só precisa ser diferente de onde você faz as outras atividades. Faça do seu local de escrita um local especial, então quando você entrar nele, estará pronto para trabalhar. Ele deve lembrá-lo do seu compromisso para terminar o livro. De novo, a meta aqui é não pensar e apenas começar a escrever.

 

5- Defina um total de palavras

 

Depois que você começou a escrever, você precisa de um total de palavras para seu livro. Pense em incrementos de 10 mil e divida os capítulos grosseiramente por igual. Seguem algumas orientações gerais:

 

10.000 palavras = um panfleto ou folheto comercial. Tempo de leitura = 30-60 minutos.

20.000 palavras = ebook curto ou manifesto. Tempo de leitura = 1-2 horas.

40.000-60.000 palavras = livro não-ficção padrão / noveleta. O grande Gatsby é um exemplo. Tempo de leitura = 3-4 horas.

60.000-80.000 palavras = livro não-ficção longo / novela tamanho padrão. A maioria dos livros de Malcolm Gladwell se encaixa nessa faixa. Tempo de leitura = 4-6 horas.

80.000-100.000 palavras = livro não-ficção muito longo / novela longa. Trabalhe 4 Horas Por Semana cai nessa faixa.

Mais de 100.000 palavras = novela muito longa / livro acadêmico / biografia. Tempo de leitura = 6-8 horas. A biografia de Steve Jobs cai nessa categoria.

 

6- Defina objetivos semanais

 

Você precisa de uma meta semanal. Para manter as coisas objetivas defina um total de palavras. Comemore seu progresso enquanto permanece honesto sobre o quanto falta a ser feito. Você precisa de algo para almejar.

 

7- Obtenha feedbacks logo

 

Nada dói mais do que escrever um livro e então ter de reescrevê-lo, porque você não deixou ninguém dar uma olhada. Tenha alguns leitores confiáveis para ajudá-lo a diferenciar o que vale a pena escrever. Podem ser amigos, editores, alguém da família. Apenas tente achar alguém que dará logo a você um feedback honesto para ter certeza de estar indo direção certa.

 

Fase 3: Finalizando

 

8- Comprometa-se com a entrega

 

Não importa o que aconteça, termine o livro. Defina um prazo final ou tenha um definido para você. Então libere-o para o mundo. Envie para o editor, publique na Amazon, faça o que tiver de fazer para estar disponível ao público. Só não o coloque na sua gaveta. A pior coisa que poderia acontecer seria você desistir depois de tudo escrito. Isso não levará você a fazer o melhor trabalho nem permitirá que você compartilhe suas ideias com o mundo.

 

9- Aceite o fracasso

 

À medida que você se aproxima do final do projeto, saiba que será difícil e que você certamente estragará tudo. Apenas aceite o insucesso, fique de bem consigo mesmo. É o que sustentará você – a determinação para continuar, não padrões ilusórios de perfeição.

 

10- Escreva outro livro

 

A maioria dos autores se envergonha de seu primeiro livro. Mas sem esse primeiro livro, nunca aprenderia lições que você poderia ter deixado passar. Então, exponha seu trabalho, falhe cedo e tente novamente. Essa é a única maneira de melhorar. Você tem de praticar, o que significa que deve continuar escrevendo.

 

Cada escritor começou de alguma forma e a maioria começou espremendo sua escrita em brechas na sua vida cotidiana. É como começa, e deve ser onde você vai começar também. Os bem-sucedidos são aqueles que continuam dia após dia. Você pode fazer o mesmo.

 

Fonte: Cafeína Literária

 

E quando pensar em publicar o seu livro, a Editora Albatroz oferece todo o suporte necessário, com profissionais qualificados, impressão de qualidade e atendimento personalizado. Acesse aqui para ter mais informações sobre o envio de manuscritos.

 

Por Teca Machado

By |2022-05-17T14:55:27-03:0017 de maio de 2022|

Deixar Um Comentário