Dicas de escrita para estudantes e para autores

//Dicas de escrita para estudantes e para autores

Imagem: FreePik

 

Muitas vezes autores ou pessoas que querem escrever livros buscam dicas de escrita e acham que elas precisam ser complexas, quase artigos científicos. Mas na maioria das vezes as orientações mais simples são as que mais fazem a diferença na hora de criar sua obra, já que antes de fazer o rebuscado é preciso dominar a arte do mais acessível.

 

O site Info Escola criou uma lista de dicas para estudantes escreverem melhor e tirarem boa pontuação na redação do ENEM e de vestibulares, mas as sugestões que apresentam podem – e devem! – ser usadas por escritores, mesmo os mais experientes.

 

10 dicas para escrever melhor

 

1- Leia muito

 

Pode parecer clichê, mas essa é a dica mais infalível. Quem lê muito tem um bom vocabulário e aprende sem perceber regras de gramática. Leia textos de diversos tipos, desde revistas de entretenimento a livros técnicos, romances e clássicos da literatura. Variar os estilos também ajuda a ampliar o conhecimento literário. Além disso, quem lê bastante aprende coisas novas todos os dias, e para elaborar um bom texto é necessário estar informado e ter conteúdo.

 

2- Escreva sobre coisas que gosta

 

Uma maneira muito divertida e leve de exercitar a escrita é escrevendo sobre o que gosta. Seja sobre o seu dia a dia, sua banda preferida ou sua série de ficção favorita. Exercite a sua escrita descompromissadamente. O ato de escrever se aprimora como qualquer outra atividade: com bastante treino você escreverá cada vez melhor.

 

3- Escreva corretamente na internet

 

Nós sabemos que na internet o compromisso com a língua não é tão levado a sério, mas às vezes nos acostumamos a escrever de forma abreviada ou errada, e isso reflete na hora que vamos escrever. Escrever corretamente em qualquer situação faz com que isso se torne natural, reduzindo suas dúvidas e tornando a escrita algo prazeroso e simples.

 

4- Faça um blog ou diário

 

Como já disse na dica anterior, escrever sobre coisas que gostamos facilita a atividade. Você pode criar um blog, para falar de coisas que gosta para outras pessoas, ou simplesmente escrever um diário, falando do seu dia a dia, do que fez, do que gostaria de fazer, são formas de exercitar a sua capacidade de escrita de forma descompromissada e divertida.

 

5- Seja objetivo

 

Um bom texto não tem enrolação, não “enche linguiça”. Fale diretamente o que você deseja, com conteúdo e apresentando as informações de forma clara. Não faça muitas citações, pois isso dá a entender que você não tem conteúdo a apresentar.

 

6- Não use palavras difíceis/rebuscadas

 

Um bom texto é simples. Palavras bonitas e completamente desconhecidas não agregam valor ao seu texto, e o tornam de difícil compreensão para qualquer leitor. O importante é ter um vocabulário amplo, saber várias palavras com o mesmo significado para evitar repetições, pois elas empobrecem o texto. Porém, precisam ser palavras utilizadas no dia a dia, que permitam que o seu texto deixe claro todo o conteúdo que possui.

 

7- Leia seus textos em voz alta

 

Às vezes os textos podem conter palavras repetidas ou cacofonias e rimas não intencionais. Lendo em voz alta você consegue ouvir todos estes possíveis erros e corrigi-los. Além disso, muitas vezes lendo o texto percebemos que podemos melhorar alguns pontos dele, e fica muito mais simples corrigir a acentuação.

 

8-Exercite a pontuação e acentuação

 

Um bom texto tem leitura fluida, e para isso a pontuação é crucial. Aprender a empregar a vírgula e os pontos ajuda muito na qualidade do seu texto. A acentuação também é de suma importância. Muitas palavras da nossa língua têm sentidos diferentes com e sem acento, por isso atenção redobrada nestes detalhes.

 

9- Evite exemplos em excesso

 

Como já dito anteriormente, a objetividade é a grande qualidade de um texto. Portanto, encher com exemplos diversos torna a leitura cansativa e provoca dúvidas acerca do seu conhecimento. Exemplifique apenas quando necessário e de maneira sucinta. Assim o seu texto fica fluido e agradável.

 

10- Evite palavras estrangeiras

 

Este é um problema dos tempos de globalização. Com todas as informações circulando o mundo, às vezes adotamos palavras de outros idiomas, principalmente do inglês, para o nosso vocabulário. No entanto, isso torna o texto confuso, e pode pegar algum leitor desprevenido. Procure sempre alguma palavra ou expressão em português equivalente ao estrangeirismo. Somente utilize quando não houver opções.

 

Fonte: Info Escola

 

***

 

Viram? Dicas simples para estudantes podem ser usadas por escritores, principalmente para os principiantes que desejam aprimorar sua escrita.

 

Por Teca Machado

By |2021-07-05T23:36:47-03:005 de julho de 2021|

Deixar Um Comentário