Não quebre a corrente

//Não quebre a corrente

Você já deve ter ouvido de muita gente que a prática leva a perfeição e, inclusive, escutou que para se tornar realmente excelente naquilo que faz precisa de 10 mil horas de prática. Então, é mais do que claro que para os escritores escrever todos os dias é mais do que uma necessidade: é fundamental para a profissão. 

O problema é criar o hábito e a disciplina. 

Bom, há algumas técnicas que podem te ajudar com isso. 

O escritor, comediante e roteirista Jerry Seinfield (sim, aquele cara da famosa série Seinfield) criou um método para nos ajudar e deu o nome de “Don’t Break The Chain”, em português “não quebre a corrente”, e disse que é uma das suas fórmulas para o sucesso. 

Segundo Seinfield, a cada janeiro ele pendura na sua sala ou no seu escritório um enorme calendário e ao invés de marcar com um “X” os dias passados, sinaliza com um enorme “X” vermelho os dias em que escreveu. A ideia é fazer com que o calendário seja recheado de “X”, formando assim uma corrente de dias trabalhados, com o objetivo é não quebrar a corrente e ver se formar uma cadeia de produtividade.  

O comediante ainda explica que não importa o que você vai escrever, se é um artigo, um livro, um conto, um roteiro, suas memórias, enfim. E sim escrever dia-a-dia, criar o hábito, praticar suas habilidades e melhorar gradualmente. Se você é uma pessoa que gosta um pouco mais de organização, crie metas diárias, sejam elas de tempo, palavras ou páginas. O que você preferir e funcionar melhor no seu processo criativo, que para cada pessoa é diferente, não se esqueça disso. 

O objetivo é transformar a escrita em uma das maiores e mais importantes partes da sua vida. Precisa ser um hábito tão arraigado quanto ir para a academia, comer, escovar os dentes e trabalhar. Mesmo que a literatura não seja o seu ganha pão financeiro, trate-a como se fosse. 

E colocar essa tarefa na sua rotina, como parte obrigatória do seu dia, vai transformar sua maneira de escrever. Segundo o escritor brasileiro Cristiano Baldi, “a rotina melhora sua técnica e deixa suas ideias mais claras. Mas o principal é a confiança. Escrever todo dia lhe dá confiança e confiança é o que você mais quer. Sem confiança, tudo é vulgar.” 

Sim, já estamos em setembro, mas isso não impede que comece o seu calendário de “não quebre a corrente” agora mesmo. Você pode iniciar em qualquer dia, em qualquer mês. Pense no quanto você terá escrito ao final de um ano ao ver se calendário com uma linda corrente vermelha. 

Por Teca Machado

By |2019-09-11T17:38:34-03:0011 de setembro de 2019|

Deixar Um Comentário