Revisor x Professor de Português

//Revisor x Professor de Português
Crédito imagem: PixaBay

Um revisor de textos é um professor de português?

E um professor de português automaticamente é um revisor de textos?

Bom, as duas profissões, apesar de caminharem bem próximas e lidarem com a língua portuguesa não são iguais. De acordo com artigo de Carol Machado, no site Revisão para quê?, especializado no assunto, “embora pareçam atividades profundamente conectadas, escondem suas próprias sutilezas que fazem delas, na verdade, competências diferentes. Isso porque uma trabalha com o lado educacional do texto e a formação de pessoas com suas respectivas habilidades linguísticas. A outra busca dar qualidade àquilo que é publicado”.

Graduada em Letras e mestre em Ciências da Linguagem, Carol Machado explica que aqueles que buscam um revisor de texto não têm intenção de se aperfeiçoar na língua ou aumentar os seus conhecimentos nesse sentido – ainda que possam comparar as versões de antes e depois do texto e aprender com isso. Nesses casos, geralmente a pessoa que está escrevendo pode não ter um conhecimento explícito de língua (ainda que tenha conhecimento técnico do assunto do qual fala), por isso é necessário um revisor. “O revisor não precisa dar explicações ou justificativas sobre as intervenções e alterações que fez no texto do cliente. O objetivo é ter um texto adequado ao público-alvo, com o maior grau de correção possível dentro da variante e do estilo adotados pelo autor”, destaca no artigo.

Já um professor de português, quando corrige uma redação, não necessariamente vai focar em todas vírgulas, pontuações e erros – ainda que faça isso. Mas vai buscar o crescimento de conhecimentos na língua. Carol afirma que ele vai estimulá-lo a melhorar sua escrita, argumentação, elaboração de ideias e outros pontos importantes.

Então um revisor não pode corrigir redações/textos e um professor não pode revisar textos?

Pode. Mas com ressalvas.

Carol Machado explica que um revisor pode corrigir redações e textos desde que tenha bagagem pedagógica. “Não podemos nos esquecer de que professores são grandes mentores no desenvolvimento de novos profissionais. É preciso agir com a responsabilidade que esse papel exige”, destaca.

Do mesmo modo, um professor por revisar textos desde que se informe sobre como funciona a revisão e seus pormenores em cursos da área ou livros, afinal, não é apenas olhar se o português está correto.

A mestre em Ciências da Linguagem salienta que o que não podemos fazer é achar que as duas profissões são a mesma coisa.

Para ler todo o artigo de Carol Machado, clique aqui.

Por Teca Machado

By |2020-07-24T15:09:52-03:0024 de julho de 2020|

Deixar Um Comentário