Dicas de marketing para escritores

//Dicas de marketing para escritores

Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

 

Não vai ser a primeira e nem a última vez que falaremos isso aqui no blog: é trabalho do escritor fazer marketing do próprio livro.

 

Sim, nós sabemos, seria muito mais fácil se o seu livro fosse descoberto por alguma celebridade ou editora importante e virasse best-seller instantâneo, sem muito esforço, quase como num passe de mágica. Mas, infelizmente, a vida não é assim em 99,99% dos casos. E mesmo aqueles autores internacionais e nacionais super conhecidos tiveram que fazer divulgação dos seus livros antes de ficarem famosos.

 

Então a dica principal que podemos dar é a seguinte: seja o maior entusiasta do seu livro e faça sempre divulgação dele.

 

Mas não se esqueça: faça de maneira inteligente e certeira.

 

Como?

 

Temos algumas dicas para você hoje:

 

1- Faça divulgação, mas não seja chato

 

Tudo bem que é necessário divulgar, divulgar e divulgar, mas não precisa ser agressivo ou desagradável. Ninguém gosta daquela pessoa que fala o tempo inteiro “compre, compre, compre”. Pode até mesmo ser seu melhor amigo, mas uma hora ele vai cansar de te ver enviando posts, e-mails, mensagens, vídeos, TikToks, Canvas e o que mais você imaginar para promover a obra com mensagens. Uma coisa é ser persistente, outra é ser insistente. Encontre o equilíbrio.

2- Encontre o público-alvo

 

Já fizemos posts completos sobre o assunto, como esse aqui. Mas acredito que a melhor analogia que fala sobre a o assunto é essa: Não conhecer seu público-alvo é como ter 100 flechas e as jogar a esmo para o alvo. Uma ou outra podem acabar acertando, mas você vai ter desperdiçado tempo, esforço, energia e flechas. Conhecendo o público/leitor, você só precisa mirar, que vai acertar em cheio de forma muito mais rápida. Focar em quem tem ou pode ter interessa na sua obra polpa tempo, esforço, investimento e frustração.

 

 

3- Não se esqueça da qualidade

 

Vivemos batendo nessa tecla por aqui, mas é que ela é muito importante. Mesmo que sua publicação seja independente e que não tenha muito dinheiro para investir no seu livro, não deixe de fazer o melhor possível. Leia, releia, edite, reescreva, corrija, faça capa com boa qualidade (há inúmeros bancos de imagens gratuitos por aí), encontre leitores-betas para ver a recepção da obra com o público e depois que tiver feito tudo isso, leia mais uma vez. A verdade é que ninguém quer consumir produto de má-qualidade e isso é válido para os livros, então busque sempre o melhor.

 

4- Continue, mesmo que pareça que não dá resultado

 

Eu sei, é frustrante trabalhar, trabalhar e não ver resultados imediatos. Mas muitas vezes a ação de divulgação de um livro traz efeitos apenas a médio ou longo prazo. Saiba que não é com apenas alguns posts no Instagram ou indicação de amigos que seu livro vai alcançar milhões de leitores. É um trabalho de formiguinha, lento, mas que cada passo vale a pena, porque uma hora os benefícios chegam.

 

5- Esteja onde os leitores – e outros autores – estão

 

Você só vai ser conhecido se se deixar ser conhecido. Então, não se esconda! Os leitores estão por aí: no Twitter, no Instagram, no TikTok, no YouTube, nas livrarias, nas feiras de livros, nos eventos literários (quando podem acontecer), nos grupos de escrita e escritores, nos clubes do livro. E conhecer outros autores é também uma ótima maneira de crescer. Além de trocar ideia e aprender com pessoas que fazem – e passam – o mesmo que você, eles também são leitores e têm sua base de fãs/leitores e podem indicar sua obra. E você pode fazer o mesmo. Networking o nome disso.

 

***

 

Para acessar outros artigos com dicas de marketing e escrita para escritores é só ir na ferramenta de busca aqui ao lado.

 

Por Teca Machado

By |2021-09-22T16:27:25-03:0022 de setembro de 2021|

Deixar Um Comentário