editora albatroz publicação como publicar seu livro meu publique seu livro como publicar meu livro Como dito em uma postagem anterior (Revisão de protagonista: um mal necessário), o protagonista merece uma atenção especial dentro da trama. Por mais que isso pareça obvio, muito autores deixam o protagonista ser “secundário” em relação a outros personagens (geralmente bad-boys).

Por conta desta falta de atenção a história fica mal desenvolvida e chega a ficar confusa, pois o protagonista divide atenções com um secundário. Esses equívocos ocorrem (em grande parte) pelo pouco conhecimento que se tem sobre como um protagonista pode ser desenvolvido.

Para começarmos esta série eu gostaria de começar apresentando o mais tradicional e conhecido tipo de protagonista: O Herói Épico!

O Herói Épico!

O herói épico é aquele protagonista virtuoso, que tem honra! Luta as batalhas por uma causa justa e geralmente nobre. Suas origens são igualmente nobres, vindo da realeza ou de uma família de destaque. Este herói é utilizado desde a antiguidade e os primeiros a comentarem sobre este tipo foram os gregos.

Este herói tem capacidade para ser grande e já é considerado uma referência quando sua história é narrada. Sua imponência não vem apenas de uma nobre origem, mas também de suas impressionantes sagas, geralmente empenhadas contra um mal maior.

O herói e sua trajetória.

Em sua maioria, os inimigos deste guerreiro são criaturas sobrenaturais que proporcionam um tom ainda mais alarmante e grandioso para sua jornada, muitos deles são deuses maus que assolam a humanidade. Quanto maior o inimigo e quanto mais urgente for sua batalha, mais elevado será o status do herói.

Este herói é próprio para estórias por vastos mundos míticos, recheados de criaturas mágicas como elfos, duendes e dragões. Também é importante ressaltar que, por mais que seja poderoso, este herói sempre vai precisar se superar a cada confronto. Mostrar seu valor e retornar para uma cidade que o aguarda em triunfo.

Existem muitos heróis nestes moldes, tais como Beowulf, Rei Arthur, Ulisses, Aragorn entre muitos outros. Lembre-se, um bom protagonista apresenta uma grandiosa estória, por isso use seu tempo para desenvolver bem este personagem que vem sendo terrivelmente negligenciado pelos autores.