Case de Sucesso: Katrine M. F. Carreiro Rocha

///Case de Sucesso: Katrine M. F. Carreiro Rocha

Você já parou para pensar em como um banco de madeira num parque pode ter sido testemunha de várias histórias, além de personagem super importante de alguma delas? Essa é a premissa do livro O Banco de Madeira, de Katrine M. F. Carreiro Rocha. A obra foi lançada em 2019 pela Editora Saramago, selo da Editora Albatroz.

“A juventude é um combustível para planejar sonhos que serão concluídos em breve. No entanto quando vivemos o hoje em sua plenitude o amanhã se torna um presente. Mesmo com a vida atarefada é possível ter tempo para estar em contato com a natureza, encontrando-se, percebendo o ambiente de uma forma que não seria possível em meio a aglomerações”, conta a sinopse de O Banco de Madeira. O enredo é sobre Ana, uma jovem que frequenta um parque da sua região e sempre se admira com a beleza a sua volta, num cenário quase paradisíaco. E lá, sentada no banco de madeira, inusitadamente conhece homem que se tornará o grande amor da sua vida.

Katrine comenta que, como o título dá a entender, grande parte da história se passa nesse parque, mais especificamente com os personagens sentados em um banco de madeira, já gasto pelo tempo, pelo sol, pela chuva, mas sempre ali presente e imponente. “Há encontros, desencontros, sempre nesse lugar especial”, destaca.

E em homenagem ao lançamento do livro, os colegas de trabalho de Katrine deram um banco de madeira em tamanho real para a escritora, para lembrá-la sempre da sua obra.

Apesar de gostar de escrever desde a pré-adolescência, O Banco de Madeira é o primeiro livro de Katrine. E agora que começou não quer mais parar e já tem planos para continuar escrevendo. “Já estou pensando na continuação dessa história. A ideia, pelo menos inicialmente, é que se chame O Banco de Vidro, mas não há nada decidido ainda”, afirma.

Moradora da região metropolitana de Belo Horizonte, Katrine divide seu tempo como escritora, técnica de enfermagem na Unidade Neonatal de um hospital e nos estudos de pedagogia, tema na qual faz graduação. Além disso, é casada e tem dois meninos.

Sobre a escolha da Editora Saramago para publicar seu primeiro livro, a autora conta que pesquisou bastante na internet, até que descobriu a Albatroz. “Fiz vários orçamentos, mas me identifiquei com a proposta da mesma”, salienta. Katrine ainda destaca que um ponto crucial que a fez decidir foi a atenção da equipe e a qualidade dos serviços prestados.

Você pode adquirir O Banco de Madeira e outros livros da Editora Albatroz e do seu selo Saramago aqui.

Por Teca Machado

By |2020-03-04T14:20:03-03:002 de março de 2020|

Deixar Um Comentário